Cidade Natal

    Santa Bárbara d'Oeste é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo. Pertencente à região metropolitana de Campinas, localiza-se à 138 km a noroeste da capital do estado. Ocupa uma área de 271,492 km², sendo que 82 km² estão em perímetro urbano, e sua população em 2010 foi contada em 180 148 habitantes, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo então o 43º mais populoso de São Paulo e o sexto da Região Metropolitana de Campinas, da qual faz parte.

    Sua data de fundação é considerada em 04 de dezembro de 1818, ano em que foi construída a igreja matriz, em homenagem a padroeira Santa Bárbara, que também serviu de referência para o nome da cidade.

    O município cresceu e se desenvolveu especialmente em função da agricultura, mas a partir da década de 1970 começou a deixar para trás a tradição agrícola. Parques industriais foram implantados, criaram-se distritos especialmente para essa finalidade e o desenvolvimento acentuou-se na indústria e comércio.
    Com uma população que se aproxima de 200 mil habitantes, Santa Bárbara d’Oeste, definitivamente, ocupa seu espaço e assume o papel como uma das cidades médias que mais se destacam no Estado de São Paulo.
    A busca do crescimento sustentável, a preservação da história e a manutenção da qualidade de vida não são apenas objetivos, mas síntese de uma realidade na qual estão inseridos seus cidadãos.

Alguns fatos históricos importantes:

    Dona Margarida da Graça Martins foi a única mulher brasileira a fundar um município. Em 1818 doou parte de suas terras no interior do estado de São Paulo para a construção de uma capela em homenagem a Santa Bárbara. Mais tarde esse vilarejo acabou se desenvolvendo e transformando na cidade de Santa Bárbara d'Oeste.

    A cidade também é considerada como o berço da indústria automobilística no Brasil, uma vez que foi a responsável pela produção do primeiro automóvel do Brasil.

    A partir de 1867 passaram a chegar os imigrantes vindos dos Estados Unidos, sulistas sobreviventes da Guerra de Secessão, trazendo juntamente seus costumes e culturas, os norte-americanos também trouxeram novos métodos e técnicas agrícolas, contribuindo em muito para o progresso da agricultura. Além das novas técnicas agrícolas, os estadunidenses trouxeram novos credos religiosos para o Brasil. Em 10 de setembro de 1871 foi fundada a primeira igreja batista brasileira, em terras barbarenses.

 

Brasão oficial da cidade. 

1 - Coroa Mural de Prata própria da cidade, invoca o reino de Portugal;

2 - Rodas dentadas de ouro, simbolizam a força de nossa indústria;

3 - Escudete de prata, contendo dentro de si a cruz da Ordem de Cristo em Goles, simboliza os nossos descobridores e a origem cristã de nosso povo;

4 - Campo de sinople (verde);

5 - Arados de ouro, com cabo e relha, invocam a tradição de que Santa Bárbara d´Oeste foi a primeira região do Brasil que usou arados de metal;

6 - Espada de ouro romana do século III, simboliza o heroísmo e o martírio da santa que deu o nome à cidade "Santa Bárbara" lembrando que nossa cidade é, talvez, a única do Brasil fundada por uma mulher, Dona Margarida da Graça Martins;

7 - Feixes de cana-de-açúcar considerada a nossa principal cultura;

8 - Dístico de Prata, contendo frase latina em goles (vermelho) cuja a tradição é: "sob a proteção de Santa Bárbara".
 

Obtenha mais informações sobre Santa Bárbara D’Oeste através dos links abaixo:

 

Prefeitura de Santa Barbara D'Oeste

 

Santa Bárbara D'Oeste na Wikipédia

 

 

Comments